Usina de Lixo de Esperança

By | 22.11.10 Deixe seu comentário
A criação da Usina de Reciclagem e Compostagemde Lixo de Esperança foi um projeto da Fundação SESP em parceria com a Prefeitura Municipal. Esta unidade entrou em funcionamento no dia 05 de maio de 1990, “atendendo as exigências e técnicas da época” e chegou a ser referência no Estado, servindo inclusive de campo de estudo e pesquisa para a UFPB, através dos Campus de Areia e Campina Grande.
Seu modelo simplificado de tratamento de resíduos sólidos funcionava, num primeiro momento, com a separação dos materiais que poderiam ser reciclados daqueles considerados orgânicos (restos de comida, folhas verdes etc). Estes últimos passaram para uma segunda etapa de compostagem onde eram armazenados até que seus próprios insumos o consumissem produzindo o adubo orgânico.
De início a usina funcionou no atual bairro da Beleza dos Campos, na rua que levou sua denominação – Rua da Usina -, na encosta do Britador.
Durante muito tempo todo o lixo domiciliar de Esperança era encaminhado para este local onde recebia o tratamento específico. Contudo, com o aumento residências nas proximidades a unidade foi desativada.
Hoje parte deste trabalho é feito pela Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis, dirigida por Marcos Maciel.

Rau Ferreira

Fonte:
- Anais, Volumes 2-3. Associação Brasileira de Engenharia Sanitária: 1993, p. 294.
- Volume de Resumos. Sociedade Brasileira para a Valorização do Meio Ambiente. Banco do Brasil. Editora Sociedade Brasileira para a Valorização do Meio Ambiente: 1994.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: