Escola de Economia Doméstica de Esperança

By | 22.7.16 Deixe seu comentário
A criação de escolas domésticas na Paraíba (1950) sofreu forte influência da ANCAR, serviço de extensão rural, e da Escola de Agronomia do Nordeste (EAN). Foi a partir desta parceria que, em 27 de gosto de 1956, surge em Esperança o primeiro “Centro de Treinamento de Economia Doméstica”, ligado à Escola de Agronomia de Areia.
O objetivo era propiciar às jovens esperancenses o aprendizado das prendas domésticas, como culinária e corte-costura além de outras atividades que eram desenvolvidas. A escola doméstica congregou as artesãs e formou diversos profissionais, dos quais alguns ainda laboram neste ramo.
As primeiras alunas concluíram o curso em 15 de dezembro de 1957, em cuja solenidade foram entregues os certificados, contando com a presença do Dr. Luiz Carlos de Lira Neto, diretor da Escola de Agronomia do Estado, procedendo-se com uma exposição dos trabalhos dos formandos e um coquetel para os convidados. À noite houve um baile ofertado pelos concluintes, festa esta que teve lugar na Escola “Irineu Jóffily” com a nata da sociedade esperancense.
Nesse primeiro ano de funcionamento, a Escola Doméstica de Esperança formou duas turmas. A primeira era assim constituída: Adalcina Soares, Clotilde Valentim, Creuza Rocha, Maria de Lourdes Oliveira, Maria de Jesus Sales, Maria Nazaré Sales, Cícera Duarte, Estela Cândida, Maria Rodrigues, Lúcia Meira, Maria Coeli Firmino, Bernadete Celestino, Josefa Maria de Oliveira, Lindalva Leite, Luzia de Souza, Maria do Carmo, Maria das Neves e Terezinha Santiago.
Da segunda, temos: Benigna C. Meira, Bernadete Maria dos Santos, Carminha Cardoso, Edite M. da Costa, Eva Jacinto, Francisca Faustino, Hilda Farias, Isabel Fernandes, Margarida Palmeira, Maria Amaral, Maria do Socorro Melo, Maria do Socorro Araújo, Maria do Socorro Fernandes, Maria do Socorro Braga e Severina Lins.
Foram paraninfos Luiz Carlos de Souza Neto, Joaquim Virgolino da Silva e Tancredo Coelho. Anos depois, esta escola foi agregada a UFPB, e ingressaram como professoras as senhoras Nevinha Costa e Viva Duarte.

Rau Ferreira



Fonte:
-        FERREIRA, Rau. Banaboé Cariá: Recortes da Historiografia do Município de Esperança. A União. Esperança/PB: 2016.
-        LIMA, Braulino. Encerramento do Ano Letivo do Centro de Economia Doméstica. Correspondente jornalístico. Jornal “A União”. Edição de 15 de dezembro. João Pessoa/PB: 1957.

-        MEDEIROS, Jailton. História de Esperança. s/d. Trabalho escolar. Produção do corpo docente.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: