Capuco, ex-jogador e técnico do Mequinha

By | 21.5.15 Deixe seu comentário
José da Silva Santos - Capuco
José da Silva Santos (Capuco) nasceu em Canavieiras/BA, em 18 de agosto de 1923. Esse profissional da pelota jogou nas seguintes equipes: Vitória/BA; América, Santa Cruz, Ibis e selecionado Pernambucano; Fortaleza/CE; Sampaio Correia e seleção maranhense; Tuna Luso Comercial/SP, e América de Rio Preto/SP, e ficou conhecido por seus excelente recursos, sendo capaz de jogar em qualquer posição.
Viajou algumas vezes para o Sul do país, onde fez testes para ingressar no América (1943), Bonsucesso e Vasco da Gama (1951); e também no Juventus/SP (1943).
O meio-campista era sempre escalado para a seleção pernambucana, quando solicitada a sua participação em algum amistoso, passando a atuar como técnico após o afastamento dos gramados.
De passagem por Esperança, vestiu as cores do “Mequinha” em 1953, e dirigiu a equipe de futebol local realizando 32 partidas, com 20 vitórias 6 empates e oito derrotas (1957). Em agosto de ’59 retornava à Paraíba, onde iria participar de algumas partidas, lembrando da época em que integrou o América de Esperança.
Como técnico, não admitia intervenção da diretoria em seu trabalho: “Acho que o técnico é quem deve comandar o quadro, sem interferência de quem quer que seja”. O ex-pivot comandou as equipes do Galícia, de Salvador; Auto Esporte, João Pessoa; Nacional do Ceará; Guarani e Ibis do Juazeiro; e equipe de Currais Novos/RN.

Rau Ferreira

Referências:
- ESPORTES, Jornal dos. Direto Mário Rodrigues Filho. Edição de 04 de janeiro. Rio de Janeiro/RJ: 1951.
- ESPORTES, Jornal dos. Direto Mário Rodrigues Filho. Edição de 12 de dezembro. Rio de Janeiro/RJ: 1943.
- ESPORTES, Jornal dos. Direto Mário Rodrigues Filho. Edição de 25 de janeiro. Rio de Janeiro/RJ: 1952.
- JORNAL, Pequeno. Fundador Thomé Gibson. Edição de 16 de junho. Recife/PE: 1950.
- LIMA, Francisco Cláudio de. 50 Anos de Futebol e etc. Ed. Rivaisa. João Pessoa/PB: 1994.

- O GLOBO, Pacotilha. Órgão dos Diários Associados. Edição de 03 de agosto. Rio de Janeiro/RJ: 1961. 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: