Esperança: Elite dos anos 20

By | 12.3.15 Deixe seu comentário
Fausto Firmino Bastos
A Vida Doméstica – Revista do Lar e da Mulher – editada no Rio de Janeiro pela firma Jesus e Jarque (sucedida pela Sociedade Gráfica Vida Doméstica Ltda) destinava-se às senhoras da época, com matérias que cuidavam da beleza feminina, cuidados com as crianças, casamento e modas; podemos dizer que este folhetim refletia a sociedade dos anos 20/30. Um dos assinantes em nosso município era Cícero Serafim.
A elite municipal esperancense ocupou as páginas deste impresso, destacando as suas principais figuras. Não obstante divulgava os principais eventos sociais da nossa vila. Assim encontramos as seguintes anotações: Nicolau da Costa e José Carolino Delgado, comerciantes; Manoel Rodrigues de Oliveira, prefeito, e Teotônio Costa, alto comerciante de tecidos e subprefeito, pai da jovem Nauta Costa que se formara no Ginásio Comercial.
Licerio de Almeida, sócio-gerente da firma J. M. de Almeida & Cia. e comerciante Egydio Gomes, proprietário do “Corte Chic”.
Hortênsio Ribeiro, redator de “O Pharol” e proprietário da “Alfaiataria Glória”; e Sebastião Jesuíno de Lima, formado em odontologia.
Fausto F. Bastos iniciou como auxiliar da Casa Campos foi presidente da Associação dos Empregados no Comércio, e depois se associou a José Valdez abrindo a firma J. Valdez & Irmão.
As famílias de Ignácio Cabral de Oliveira, sua esposa Isaura e seu filho José que, em janeiro de 1929, contava apenas dois meses de vida; do clínico Sebastião Araújo, sua esposa Elvira e o filho Raymundinho, de um ano e sete meses; a graciosa menina Gilma, com 4 anos de idade, filha de Manoel Virgolino Sobrinho e sua esposa Olívia Henriques, esta sobrinha de d. Helena Henriques.
Consta ainda que a Srta. Noemi Rodrigues – filha de Manoel Rodrigues - vencera um concurso de beleza neste município. Outra jovem de grande beleza era a Srta. Mercedes Passos.


Rau Ferreira
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: