Restos mortais do Padre Palmeira

By | 3.2.10 Deixe seu comentário
Padre Palmeira esteve a frente da Paróquia de Esperança por 29 anos, prestando relevantes serviços a comunidade.
Sua administração paroquial foi marcada por uma intensa atividade, com especial enfoque para a educação e a saúde. Construiu capelas, edificou a maternidade, instituiu congregações religiosas e concluiu os trabalhos do Colégio Diocesano. Fundou ainda outras 18 escolas paroquiais, sendo três em Esperança, duas em Areal e as demais na zona rural. Além das Escolas Doméstica, de Aprendizes Alfaiates, Bordado, Arte Culinária etc.
Por esses e outros importantes feitos recebeu o título de “Cidadão Esperancense”, destacando-se como grande benfeitor da comunidade.
Agora uma discussão surge em torno dos seus restos mortais e a possiblidade de serem transladados para a Igreja de Esperança, o que seria uma justa homenagem.
Os restos mortais do Padre Palmeira iria se juntar a de outros religiosos igualmente seputados na Igreja Matriz, em lugar de honra.

Rau Ferreira

Fonte:
- Livro do Município de Esperança; Ed. Unigraf: 1985, p. 70/71;
- Revista Esperança 82 anos; Editor: Jacinto Barbosa: novembro de 2007;
- Revista Centenário da Paróquia de Esperança: 30 de maio de 2008;
- esperanca.pb.gov.br: notícias, Jornalista Roberto Cardoso, acesso em 02/02/2010.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário