Zé Pedro tem! (por Janilson Andrade)

By | 14.5.16 Deixe seu comentário
Costumo cultivar as amizades, as boas amizades. Uma delas que me dá prazer é conversar aos sábados com o amigo Janilson Andrade que conheço desde menino. Em seu comércio fico sabendo do “moído” da semana. Só depois daquele “papo” gostoso é que ganho ânimo para fazer a feira.
Neste sábado, entre os muito assuntos que nos move, falamos das figuras folclóricas de Esperança, na presença do irreverente Paulo de Bié que se demorou um pouco e foi embora.
Pois bem, Janilson lembrou-se de seu Zé Pedro e ficou surpreso porque não me era conhecido. Daí seguiu a seguinte narrativa:
“Zé Pedro era um comerciante aqui de Esperança que morava próximo ao antigo SESP. Aqui quando alguém procurava alguma mercadoria que não encontrava o bodegueiro sempre dizia: Zé Pedro tem! Era como um dito popular e as pessoas se dirigiam a seu Zé. O curioso é que ele gostava da fofoca, comenta Janilson.
Então o freguês perguntava, por exemplo:
- Seu Zé, tem gás?
E ele respondia:
- Olha, tem não. Mas tá prá chegar!
Janilson também disse que a mulher repreendia:
- Mas Zé e tu ainda dá corda!
- Deixa mulher, é tudo brincadeira – respondia seu  Zé”.

O povo esperancense é uma gente ordeira e bem humorada. Os comerciantes muito atenciosos com sua clientela. Acho que seu Zé reunia essas duas qualidades. Nesta pequena postagem fica a homenagem do amigo Janilson a seu Zé Pedro e todos os comerciantes de seu tempo.

Rau Ferreira


(*) Com a colaboração de Janilson Andrade, entrevista realizada em 14/05/2015, pelas 07:10 horas. 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: