SOL: Carta à imprensa

By | 12.5.16 2 comments
A “Revista da Cidade” pertencia à empresa “Gráfico-Editora de Morais, Rodrigues & Cia”. Esse importante magazine circulou no Recife a partir de maio de 1926, contando com colaboradores de peso, a exemplo de Manuel Bandeira, Austro-Costa, Mauro Mota, Olegário Mariano e Waldemar Valente. Semanalmente, registrava as atividades sociais, culturais e estéticas da Capital pernambucana.
Em carta àquela redação, assim se expressava Silvino Olavo:

Recebemos a visita dessa interessante criação do espírito recifente.
É uma revista que nasce para reafirmar desde o seu primeiro número e para viver a vida bela das publicações de elegante e irrepreensível bom-gosto.
Sua feição material de revista moderna, referta de ótima reportagem, é o penhor do seu triunfo brilhantemente assegurado em todos os meios literários do nordeste brasileiro.
Desviada dos maus expedientes jornalísticos da época, a ‘Revista da Cidade’ destina-se a um justo sucesso nos círculos intelectuais do país, pela obra ilustre que realiza, fixando em suas páginas o aroma espiritual dos artistas novos de Recife.
Gratos pela oferta, fazemos votos para que a elegante revista dos srs. Moraes, Rodrigues & Cia. continue a inspirar-se nesses ideais de arte pura e serena, dando assim à formosa Mauricéa a revista que merece” (Revista da Cidade, Nº37. Recife-PE: 1927).

O nosso poeta maior figurou por diversas vezes nessa publicação, com seus poemas e prosas, muitos deles ainda inéditos do grande público. Nela encontramos a primeira notícia de “Cordialidade: poemas em prosa”.

Rau Ferreira


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 Comentários:

pdn-pb. disse...

Parabéns meu nobre! Só mesmo você para para nos brindar com um informativo deste!

Evaldo Brasil disse...

Quero crer que os poemas e prosas de Silvino Olavo publicado na revista seja "ainda inéditos" para a nossa atualidade. À época, certamente, atingiu o "grande público".