Na janela, poema de Heloíse Maria

By | 18.3.16 Deixe seu comentário
Diz o ditado "Filho de peixe...". Pois bem, ontem (17/03/2016) a minha filha Heloíse me surpreendeu com um poema sobre a chuva que caía ricamente sobre a nossa Esperança. Depois de um ou dois ajustes (gotinhas/bonitinhas) a rima ficou assim: 

NA JANELA

Estava na janela
Final de noitinha
Olhando a chuva
Caindo bonitinha

Chuva, chuva, chuva
Caem as gotinhas
Chuva, chuva, chuva
Ela é tão bonitinha!


Heloíse Maria, 6 anos 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: