ANCAR Esperança: Há 57 anos...

By | 10.3.16 Deixe seu comentário
 A ANCAR – Associação Nordestina de Crédito Agrícola e Rural – foi importante em diversos aspectos do nosso desenvolvimento, notadamente pelo subsídio aos agricultores. A empresa trabalhava em parceria com o Banco do Nordeste para “aplicação de crédito destinado ao desenvolvimento da agricultura, dentro de um esquema econômico traçado para o Nordeste”.
O escritório local foi instalado no dia dois de março de 1959. Estava a frente dos trabalhos o Agrônomo Benjamim Andrade, sendo supervisora Rosemília Mariz e auxiliar escriturário Natanael Lopes de Amorim.
Durante o ato inaugural, foi proferida palestra pelo Agrônomo e Supervisor Geral Luiz Loureiro. Os agricultores assistiram a uma demonstração de como “combater a erosão do solo e a melhor maneira de conservação dos terrenos”. O objetivo era facilitar o crédito à agricultura e pecuária esperancense.
A prefeitura cedeu um prédio, dispondo ainda de um veículo (Jeep) para as visitas dos técnicos a zona rural e distritos.
Uma atividade fomentada pela ANCAR em Esperança foi o artesanato, este como fonte de renda para as mulheres.
Anos depois, a associação foi substituída pela empresa de extensão rural EMATER (Decreto nº 6.755).
Para a composição deste trabalho, nos ajudou o pesquisador Jônathas Rodrigues Pereira, que nos forneceu uma edição do Diário da Borborema, de seu vasto arquivo digital.

Rau Ferreira

Fonte:
- BORBOREMA, Diário da. Edição de 19 de março. Campina Grande/PB: 1959.
- BRASIL, Evaldo. Cultura & Arte: síntese de uma estória sem começo nem fim. Manuscrito publicado neste blog em cinco atos.
- FERREIRA, Rau Ferreira. Banaboé Cariá - Recortes da Historiografia do Município de Esperança. 1ª ed. no prelo. Prefácio de Anderson Monteiro Costa. Esperança/PB.
- MEDEIROS, Jailton de. História de Esperança. s/d. Trabalho escolar. Produção do corpo docente.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: