Saudade

By | 26.2.16 Deixe seu comentário
A saudade é uma dama
De feição muito ingrata
Deveras tece a sua teia
Enrama que nem batata.

Banabuyé, 21 de fevereiro de 2016.


Rau Ferreira
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: