Sol: Críticas...

By | 18.2.15 Deixe seu comentário
Rau Ferreira*

A imprensa carioca fez as seguintes críticas ao trabalho do poeta Silvino Olavo:
Diz Osório Duque Estrada dos versos do poeta: ‘Versos límpidos, espontâneos e sonoros’. Diz Hermes Fontes: ‘A sua musa trás a echarpe das nymphas mysteriosas’. Diz Pereira da Silva: ‘sua sensibilidade é autêntica e sua arte se apresenta com uma feição própria’. Diz Oscar Lopes: ‘Silvino Olavo foge sem esforço visível à vulgaridade’. Diz Adelino de Magalhães: ‘Dos livros de versos ultimamente apparecidos, ‘Cysnes’ é incontestavelmente um dos melhores’
Lavo minhas mãos. (...) M. de A.”

Com o título de SOMBRA ILLUMINADA, este se constituía no segundo livro poético do vate esperancense, lançado no Rio em 1927.

Rau Ferreira

Referência:
- FERREIRA, RAU. Silvino Olavo. Ed. Epgraf. Edições Banabuyé: 2010.

- DIÁRIO NACIONAL, Jornal. Edição de 01 de janeiro. Rio de Janeiro/RJ: 1928.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: