Jerônimo Soares

By | 22.2.15 Deixe seu comentário
Jerônimo Soares é filho do cordelista José Soares (o poeta repórter) e de dona Hilda Fernandes Soares. Nasceu em Esperança no dia 24 de maio de 1935 e começou a trabalhar com xilogravura aos 12 anos de idade na sua terra natal.
Radicado em Diadema/SP, residindo em Jardim Canhema, tem mais de 58 peças produzidas. Seus trabalhos são continuamente expostos em galerias e museus, a exemplo do MAP e da Pinacoteca de São Bernardo.
O artista desenvolveu um estilo próprio a partir de uma agulha especial feita de aço que inventou em 1978. Com esta ferramenta “costura'' a madeira para dar origem as suas criações que ilustram capas de livros, CDs e folhetos de cordel.
Sua notoriedade veio a partir do álbum sobre acidentes de trabalho produzido para a revista Xilon editada na Alemanha. Hoje é possível encontrar suas obras na Suiça, França, Japão, Estados Unidos, Inglaterra, Canadá, Portugal e França. Tradição esta que se perpetua na família, o irmão Marcelo, o filho Anderson (Nino) e o neto Wesley também mostram talento com a madeira.
Jeronimo possui ainda obras publicadas nos principais jornais brasileiros: O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo, Jornal da Manhã, Diário do Grande ABC, Correio Brasiliense, Diário de Pernambuco e outros.
Segundo Jorge Amado: "Jeronimo Soares é um dos mais notáveis gravadores populares do Brasil. Suas madeiras para capas de folhetos de cordel são de real beleza, poderosas e poéticas".
Seus principais álbuns são:
- A Via Sacra segundo Jerónimo, com versos de João de Barros;
- 10 xilogravuras de Jerónimo, com apresentação de Jorge Amado;
- Cinco xilogravuras populares, com apresentação de Joseph Luyten

E as xilogravura dos folhetos: Fofocas de futebol e Pega ladrão de José Soares; A mulher de quatro metros que andava de feira em feira, de Enéias Tavares dos Santos; Acidentes no trabalho na construção civil, de Severino José.

Rau Ferreira
Fonte:
- FRANKLIN, Jeová. Xilogravura popular na literatura de cordel. Edição ilustrada. LGE Editora, 2007, p. 117;
- - JOSÉ, Severino. Severino José – introdução e seleção de Luiz de Assis Monteiro. Biblioteca de Cordel. Ed. Hedra. São Paulo/SP: 2001, p. 25;
- Diário do Grande ABC, disponível em: http://www.dgabc.com.br;

- Alpharrabio, disponível em http://www.alpharrabio.com.br/Novembro2010.html;
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: