José Bolivar Régis

By | 13.1.15 Deixe seu comentário
Natural de Esperança, filho de Alfredo Régis e Maria Régis, nascido no ano de 1927, bacharelou-se em Ciências Jurídicas (Direito) e foi nomeado Juiz Auditor pelo Presidente Costa e Silva no ano de 1968, assumindo uma a 7ª Circunscrição Judiciária Militar do Recife, onde permaneceu até sua aposentadoria em 1981.
Durante sua carreira jurídica atuou em casos polêmicos, a exemplo da tentativa de seqüestro do Presidente da Bolsa de Valores do Recife em ‘78.
Em 1988 resolve ingressar na política para disputar uma vaga na Câmara de Vereadores de Esperança. Filia-se ao PSB que, coligado com o PT, apóia a candidatura de José Lêdo Vieira Nóbrega para prefeito. “Sou um homem de centro, no interior não há ideologia e não foi difícil a filiação. São todos meus amigos”, afirmava.
A chapa majoritária foi vitoriosa naquela eleição, mas Régis não logrou êxito.
Juiz severo em suas decisões, algumas de suas sentenças foram reproduzidas por jornais europeus e americanos, sobretudo aquelas da época do regime militar. Todavia, quando relaxou o isolamento dos presos condenados à prisão perpétua pediram sua cassação junto ao STM.

Rau Ferreira

Referência:
- BRASIL, Jornal do. 1º Caderno, edição de 27 de maio. Rio de Janeiro/RJ: 1978.
- BRASIL, Jornal do. 1º Caderno, edição de 20 de outubro. Rio de Janeiro/RJ: 1988.
- ESPERANÇA, Livro do Município de. Ed. Unigraf. Esperança/PB: 1985.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: