Esperança: Primeiro aniversário

By | 25.12.14 Deixe seu comentário
Esperança comemorou seu primeiro aniversário de emancipação política com muita pompa e circunstância. Assim é que aconteciam, no dia 31 de dezembro de 1926, as festividades alusivas à nossa independência.
O prefeito Manuel Rodrigues de Oliveira fizera vir a Filarmônica de Remígio especialmente para a ocasião, que acordou os munícipes com uma alvorada ainda nas primeiras horas do dia
Às oito horas no Santuário de N. S. do Perpétuo Socorro – na Beleza dos Campos - realizou-se uma missa em ação de graças presidida pelo Reverendo Pires. Após ouviram-se uma salva de 21 tiros.
A festa continuou às 16 horas, tendo como palco novamente o Paço do Conselho na Rua Epitácio Pessoa (atual Avenida Manuel Rodrigues)., onde a banda contratada executou várias peças de seu repertório, seguindo-se as falas dos acadêmicos Manuel Barbosa e Antonio Pereira acerca da nossa organização política fazendo “justas e louváveis referências” ao chefe do Estado e autoridades municipais. O jovem advogado esperancense Severino Diniz usou da palavra e agradeceu em nome do prefeito as palavras elogiosas.
À noite nas dependências do Cine Ideal aconteceu um animado sarau que se prolongou até às 24 horas. Uma efusão festiva e alegre que contagiou toda a cidade de Esperança, que se fazia promissora já no seu primeiro ano de existência.

Rau Ferreira

Fonte:
- A UNIÃO, Jornal. Órgão Oficial do Governo do Estado, Quarta-feira: 12/01/1927, p. 02.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: