Distritos de Esperança

By | 5.12.14 Deixe seu comentário
Esperança conta hoje com os distritos de São Miguel, Pintado e Massabiele.
O Distrito de São Miguel é cortado pela BR-104, que dá acesso a cidade de Remígio, e fica cerca de 5km da sede do município. Já o Pintado se localiza bem próximo ao centro urbano (1,5 km). Massabiele por sua vez, é mais afastada da cidade, aproximadamente 11 km.
Todos eles possuem uma certa infraestrutura, como calçamento, posto de saúde, pracinha e capela. E algumas artérias que inclusive já foram denominadas pelo poder público.
Em São Miguel encontramos as ruas Bahia, Teresina e João Pessoa, por exemplo; enquanto que Massabiele preferiu homenagear pessoas da própria comunidade.
O Projeto de Lei nº 04/2007 criou as ruas José Vieira da Silva (por trás da Capela Nossa Senhora de Lourdes); Manoel José de Souza (próximo ao Núcleo de Integração Rural); Pedro Batista da Silva (ao lado da Escola Joventino Monteiro); Rua José Joaquim dos Santos (acesso para o Sítio Umbú); Benedito Inácio dos Santos (acesso para o Sítio Capeba) etc., todos em Massabielle.
A primeira casa construída no Pintado data de 1979 e pertencia ao senhor Expedito Genuíno dos Santos. Tempos depois, Severino Agripino reservou um terreno para a construção de uma Capela, que contou inicialmente com o apoio de Padre Palmeira, e depois com o incentivo de Frei Antônio que fez uma doação de dez mil cruzeiros no ano de 1981. A capela foi concluída em 1992, sendo a primeira missa celebrada por Frei Arthur.
A história da fundação de Massabiele se confunde com a do seu fundador, Zé Vieira. Este ilustre cidadão veio de Catolé do Rocha com a idade de 10 anos e se instalou no Sítio Benefício de Esperança. Aos 18 anos serviu o exército e no final do tempo conscrito retornou à sua comunidade, onde casou-se. Antes esta localidade chamava-se “Lagoa de Caeira”, mas Dom Manuel Palmeira batizou-a de “Massabiele”.
As principais povoações do município são: Riacho Fundo, Pintado, Lagoa de Pedra, Logradouro e Úmbu, sem contar as diversas comunidades rurais como Lagedão, Timbaúba .
Esperança é cortada por uma rodovia federal, uma estrada estadual e onze rodagens vicinais, que interligam o município a seus distritos e povoados.
As cidades de Areal e Montadas, antigos distritos de Esperança, foram emancipadas respectivamente em 1961 e 1967.

Rau Ferreira

Fonte:
- Livro do Município de Esperança, Ed. Unigraf, 1985;
- Jornal da Paraíba, coluna “Notícias”, 30 de março de 2009;
- Projeto de Lei Municipal nº 04, de 22 de maio de 2007;

- Mapa rodoviário da Paraíba, DNIT, 2002.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: