Pular para o conteúdo principal

Biblioteca "Dr. Silvino Olavo" (E seu rico acervo)

Fachada da Biblioteca Municipal "Dr. Silvino Olavo"
A Biblioteca Municipal de Esperança “Dr. Silvino Olavo” possui um valioso acervo. Trata-se da coleção dos jornais da “A União” da Paraíba, que teve seu início na gestão do prefeito Manoel Rodrigues de Oliveira nos idos de 1925.
Órgão oficial do governo da Paraíba, o jornal foi fundado pelo Presidente da Província Álvaro Machado em 1893. Este importante veículo de comunicação era na época “o principal jornal da Paraíba” (ALMEIDA, p. 189). Aliás, o periódico servia a uma série de coisas: publicavam atos oficiais, notícias, reclames, enfim faziam a interligação da Capital com o interior. E o seu suplemento de arte e literatura trazia além da moda parisiense os escritos dos mais importantes autores paraibanos, a exemplo de José Américo de Almeida.
Os volumes desta coleção encontram-se encadernados e em bom estado de conservação, servindo a acadêmicos e historiadores.
Suas páginas contam muito de nossa história. Ali encontramos, por exemplo, o discurso do Dr. Silvino Olavo – Esperança, Lyrio verde da Borborema – que foi por assim dizer o estopim da nossa emancipação política, além de outros fatos de suma importância para o município.
Muitos pesquisadores acorrem às dependências de nossa biblioteca, para pesquisarem fatos e acontecimentos da história paraibana. A exemplo do escritor Júlio César, que atualmente recolhe material para o seu livro sobre a história do nosso futebol. Nesse mesmo ambiente, trabalhei a obra biográfica de Silvino Olavo.
Parte do nosso rico acervo municipal
Em 2013, o rico acervo de Esperança foi alvo de uma reportagem especial, escrita por Xico Nóbrega. Após ressaltar a sua importância, o jornalista acrescenta: "Um acervo valioso do jornal A União, o mais antigo do Estado da Paraíba, faz parte hoje do patrimônio da Biblioteca Municipal de Esperança, em dezenas de volumes encadernados à moda da época, registrando os acontecimentos que fizeram a história ao longo dos anos, a exemplo do assassinato de João Pessoa, visita de ministros à capital da Paraíba, bem como os atos que mudaram o seu nome para João Pessoa" (A União: 02/02/2013).
Na opinião do Dr. João de Deus Melo, juiz esperancense aposentado, esta é uma das mais ricas do Estado e coloca a cidade de Esperança num patamar privilegiado.
Seria interessante promover o resgate da nossa Biblioteca "Dr. Silvino Olavo". Doações são bem vindas, mas o que precisamos mesmo é de atividades culturais e lúdicas que fortaleçam o hábito da leitura. 
Senhores professores e professoras da rede municipal, vamos fazer do prazer de ler uma motivação para o engrandecimento do nível escolar dos nossos jovens. Fica a dica!

Rau Ferreira


Referências:
-         ALMEIDA, Horácio. História da Paraíba. Vol. II. UFPB: 1997;
-         http://pt.io.gov.mo/Links/record/495.aspx, acesso em 26/01/2011;
-         FERREIRA, Rau. Silvino Olavo. Esperança/PB: 2010;

-         Jornal “Folha de Esperança”: Biblioteca de Esperança guarda acervo do Jornal A União. Por Vera Taveira. Edição nº 02. Ed. Jornalista Otílio Rocha. Esperança/PB: Dezembro de 2010, p. 04.
- A UNIÃO, jornal. Edição de 02 de dezembro. João Pessoa/PB: 2013.

Comentários

  1. Aplausos à sua iniciativa. Apesar de ser um órgão público municipal.
    Tenho no meu arquivo eletrônico cópias dos atos que nomearam as primeiras bibliotecárias deste município.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário! A sua participação é muito importante para a construção de nossa história.