Maria Beleza*

By | 31.5.14 Deixe seu comentário
Maria Beleza, cordel de Evaldo Brasil
Esperança era uma cidade que crescia no comércio existiam várias lojas de tecido nos anos 60, em uma dessas lojas trabalhava na loja de seu tio Manuel Cavalcante, uma linda jovem estudante conceituada na cidade de Esperança, membro de uma família católica tradicional e de classe média, Maria tinha um sonho de encontrar o seu príncipe encantado. Um dia, chegou um viajante, vendedor de tecido, e Maria quando avistou o jovem bem vestido de paletó e gravata se apaixonou por ele. Ele era gentil, tinha um bom papo, além de tudo inteligente e irresistível. Ela se apaixonou e mergulhou de cabeça, afinal de contas, porque não confiar nesse namoro que tinha tudo pra dar certo e parece um conto de fadas? Até que um dia, quando ela já estava completamente envolvida, ele prometeu o céu e a terra dizendo que Maria esperasse que ele casava  com ela. Ele desapareceu. O rapaz deu o conto do vigário. Os anos se passaram e, talvez tenha caído nos braços de outra, e a pobre Maria a esperar, Maria se fechou no seu quarto entrou em depressão.
Vivia o dia todo deitada em uma rede todos achavam que Maria ia morrer, mas Maria surpreende a todos, e vem toda linda, bem vestida, toda maquiada, tomava banho de lavanda com sabonete líquido e leite de rosas diariamente para rejuvenescer.
Maria colocou o retrato do seu amado numa caixinha de presente, até que o sol por pirraça invadiu a vidraça e o retrato dele desbotou. Passaram-se anos e anos, mas o mistério permaneceu. O rapaz nunca apareceu infelizmente Maria chegou a velhice, sempre linda e alegre a esperar. Maria faleceu com o nome de “A pequenina flor brejeira” e também ficou conhecida por outro nome: “Maria Beleza”, pois ela sempre foi bonita e se vestia bem a espera do seu príncipe encantado e hoje ela vive lá no céu.
Bem pertinho de nosso senhor as últimas lembranças de Maria que restou foram sua caixinha e seus sapatos.

Jailson de Andrade*

(*) Originalmente publicado em: http://www.esperancadeouro.com, em 25/01/2013.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: