A biografia de um poeta*

By | 31.5.14 Deixe seu comentário
Inácio Gonçalves de Souza
Militar, Desportista e Historiador
Autor de diversos livros sobre Esperança

Lançado no último mês de novembro do corrente ano, a nova biografia do grande poeta, escritor e gênio esperancense, o único e insuperável Príncipe da Poesia Simbolista, o imortal Silvino Olavo. Esta primazia de livro tem como autor, o grande amigo historiador Rau Ferreira, no qual teceu elogios, comentários, referente ao nosso poeta maior, não lhe poupando fartas referências, pelas quais, Silvino Olavo se faz merecedor.
A trajetória desse genial poeta detalhada de forma brilhante pelo seu biógrafo Rau Ferreira, de maneira que, tornamos conhecedores de passagens e acontecimentos de sua vida que desconhecíamos até então. A vida de Silvino Olavo foi de certa forma marcada pelas intempéries da vida, da qual, pouco usufruiu, e-que, teve grande parte da sua trajetória terrena mergulhada na sobriedade e nos infortúnios que lhe levaram as incertezas de dias: literalmente afetado pela esquizofrenia.
Afora esses presságios, vivenciados pelo poeta, a sua vida também foi marcada por conquistas, agraciamentos e notoriedades. Basta salientar que este grande vulto esperancense foi integrante de primeiro escalão, no governo do presidente João Pessoa, e, que foi reconhecido pelos grandes e notáveis escritores e poetas brasileiros, tido como um verdadeiro representante do movimento simbolista brasileiro: nas décadas de 20 e de 30 do século passado. Além de tais reconhecimentos, lutou de forma abnegada e convicta pela emancipação política de sua amada terra: a então Vila de Esperança.
Ao lado de outros grandes baluartes, como o Coronel Elísio Sobreira e Senhor Manuel Rodrigues (primeiro Prefeito de Esperança), conseguiram a nossa independência política, ainda no governo de João Suassuna. Por tudo que fez e pelo o que foi, o nosso genial poeta bem que poderia ser mais lembrado e ovacionado pelo nosso povo, e sobretudo, pelos nossos organismos: tanto estatal, como municipal. Enquanto esse reconhecimento não chega, pessoas como Rau Ferreira, Roberto Cardoso e Evaldo Brasil procuram mostrar ao nosso povo, o valor indiscutível desse brilhante e ímpar vulto de nossa terra. Parabéns, portanto, a este nobre e aguerrido escritor e poeta, Rau Ferreira.

Inácio Gonçalves de Souza



(*) Especial para o Jornal “Folha de Esperança”. Esperança/PB, edição de 01/01/2011; p. 07.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: