SOL: Em Mulungú

By | 16.12.11 Deixe seu comentário

SILVINOOLAVO:
NA PONTEDE MULUMGÚ
1930: Inauguração da Ponte de Mulungú


A
 pontede Mulungú, sobre o Rio Mamanguape, foi construída por iniciativa do governadorJoão Pessoa Cavalcante, e completa a comunicação arterial da capital paraibanaao interior
O ato inaugural solene teveinício às nove horas do dia 09 de fevereiro de 1930, com a presença do chefe doexecutivo estadual e auxiliares imediatos, dentre eles o poeta esperancenseSilvino Olavo da Costa, que à época exercia o cargo de Chefe de Gabinete.
Uma salva de foguetes anunciou achegada do governador. A benção foi dada pelo padre Raphael de Barros, vigárioda freguesia. Após, o carro oficial rompeu a fita vermelha inaugurando assim aponte e abrindo o tráfego ao público.
A ponte de Mulungú foiconstruída em concreto armado, com uma extensão de 60 metros de comprimento emtrês vãos, tendo o central 27 metros. A construção coube a firma RaffaeleAbenante & Cia.
Depois de batida algumasfotografias foi oferecida uma recepção à comitiva do governo.
No detalhe da foto observamos ogovernador João Pessoa, o Coronel Elysio Sobreira, o poeta Silvino Olavo,autoridades locais e o público presente.

Rau Ferreira

Fonte:
- A UNIÃO, Jornal. Órgão oficial do Estado, Terça-feira, 12de fevereiro. Parahyba: 1930.
-JOFFILY, José. Anayde Beiriz: paixão e morte na Revolução de 30. Ed.CBAG Editora: 1980.
-MAURÍCIO, João de Deus. A vida dramáticade Silvino Olavo. Unigraf. João Pessoa/PB: 1992
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: