Pular para o conteúdo principal

Lei 48/50 (denomina Ruas de Esperança)



N
o dia 13 demarço de 1950, o Prefeito de Esperança sancionava a Lei n° 48. A princípio nadade excepcional se percebe neste ato, a não ser pelo fato de que este decretodenomina algumas das principais e mais conhecidas ruas do Município.
Até esta data, a rua principal que vai da Matriz do Bom Conselho até oColégio Diocesano (antigo Paroquial), nas imediações da Praça da Cultura, erachamada de Avenida Senador Epitácio. Com a nova lei passou a chamar-sedefinitivamente Avenida Manuel Rodrigues de Oliveira.
A Rua do Boi, como a conhecemos, tinha oficialmente o nome de Rua Barãodo Rio Branco. A partir do decreto municipal, fora denominada de AvenidaSenador Epitácio, cujo nome permanece até hoje. Mas há quem diga que no passadoera chamada de Rua Centenário.
A terceira e última rua a que se refere a lei é a rua Beleza dos Campos.Esta localidade até hoje é conhecida por este epíteto. Aliás, Beleza dos Camposé o nome daquele bairro. Com o decreto do Prefeito Júlio Ribeiro da Silva,passou-se a chamar Rua Barão do Rio Branco.
A seguir apresentamos o texto oficial e a reprodução da lei supracitada.
LEI N° 48
 Dispõe sobre a denominação de ruas da cidade.
 O Prefeito Municipal de Esperança, usando de suas atribuições conferias pela letra b do art. 63 da Lei N°321 de 8 de janeiro de 1949.
 Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE ESPERANÇA, decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
 Art. 1° - As avenidas Senador Epitácio, Barão do Rio Branco e Beleza dos Campos, desta Cidade, passarão a denominar-se: Manuel Rodrigues de Oliveira, Senador Epitácio e Barão do Rio Branco, respectivamente.
 Art. 2° - Revogam-se as disposições em contrário.
 PREFEITURA MUNICIPAL DE ESPERNAÇA, em 13 de Março de 1950.
 Júlio Ribeiro da Silva - Prefeito Municipal 
Registre-se, por oportuno, que o comerciante e ex-prefeito ManuelRodrigues de Oliveira falecera no ano de edição daquela lei, mais precisamenteno dia 14 de fevereiro de 1950.

Rau Ferreira


Fonte;
- ESPERANÇA,Livro do Município de. Ed. Unigraf. Esperança/PB: 1985.
- ESPERANÇA,Câmara Municipal de. Arquivo Público. Esperança/PB: 2010.

Comentários

  1. Apesar de "há quem diga", posso afirmar, como testemunha ocular Rua Centenario. Fonte: fotos de 35, Pedro Gazeano.

    ResponderExcluir
  2. Rua Centenário (do Boi) assim como Epitácio Pesso (M. Rodrigues) estão assinaladas nas fotos de Pedro Gazeano.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário! A sua participação é muito importante para a construção de nossa história.