Blogs esperancenses

By | 31.10.11 Deixe seu comentário

E
sperança é berço de jornalistas e irradia informação por todos os cantos. Nas esquinas, nas praças, no calçadão... Comenta-se de tudo um pouco. Não bastasse o bom e saudável bate-papo entre amigos ainda existem as rádios, difusoras, TV e redes sociais complementando este universo de comunicação. Todos prontos a nos convencer de suas opiniões.
Com efeito, a tradição dos jornais nesta cidade vem desde a década de 20: A Seta, Segunda Frente, O Farol, O Correio Esperancense, Vanguarda Esperancense, Mensário Oficial, Jornal de Esperança, Lírio Verde da Borborema, Tribuna Independente, A Folha, O Tempo, o Novo Tempo, o Gillete e a Folha de Esperança são alguns desses exemplos.
Mas hoje o que nos chama a atenção são as mídias sociais.
É verdade que com a internet se abriu para nós esperancenses um mundo de possibilidades. O blog foi a plataforma inicial para muitos, abrangendo assim um leque maior de público que vai além do nosso Município.
Não é fácil estar nesse meio. Fazer sucesso mais ainda. E ganhar dinheiro é para poucos. A profissão exige coragem, determinação, renúncia e muito esforço. Admiro essas pessoas que atuam com profissionalismo e liberdade de expressão. Para eles eu tiro o chapéu.
Não sou formador de opinião. Não transmito a palavra, não comunico ou informo. Apenas escrevo coisas do passado dentro das minhas limitações físicas e intelectuais. Sorte? Sorte tem quem acredita nela. Eu não.
Observo, porém que o repórter também se faz repórter. Nem todos precisam de uma educação formal para atuar, pois o “dom” lhes é peculiar. Discussões acerca da necessidade ou não de um diploma ficam a cargo dos especialistas. O meu colega Evaldo, por exemplo, é a favor. Mas o STF já se pronunciou a respeito.
Os blogs locais mantêm inúmeros seguidores que visitam diuturnamente as suas páginas, comentando, criticando ou elogiando. E não é só isso, alguns têm feito deste espaço um negócio rentável com as propagandas e adsenses que veiculam na sua página inicial. E apesar de todas as dificuldades enfrentadas neste ramo, os blogueiros têm encontrado um considerável êxito e já pensam em migrar para os sites alçando assim vôos mais altos.
Desejo a todos deste universo virtual o sucesso merecido pelo esforço do seu trabalho.

Rau Ferreira
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: