José Coêlho da Nobrega

By | 2.9.11 Deixe seu comentário
O professor José Coêlho da Nóbrega (1910/1986), filho de Antonio Coêlho de Carvalho e Firmina Coêlho da Nobrega, exerceu várias atividades em nosso município. Trabalhou como professor de português e também agrimensor, atuou na política e foi um importante orador.
Iniciou seus estudos na Escola Irineu Jóffily, em Esperança, e concluiu na Capital do Estado.
Poeta inspirado compôs entre outros, os hinos do América Futebol Clube de Esperança. E como orador, era sempre chamado nesta e noutras cidades para fazer pronunciamentos, fazendo-se presente nos principais momentos de nossa história.
Foi também o responsável pelo jornal “O Gilete”, que circulava durante as festas da padroeira local. Esse noticiário tinha por característica a irreverência e se autodenominava “noticioso”, realizava a crítica social da comunidade e chamando a atenção para o nosso cotidiano.
Zé Coêlho possuía uma memória invejável, contava histórias de aventuras e declamava poesias. Foi um dos intelectuais mais influentes de nossa cidade, destacando-se ainda por ser um grande animador de quadrilhas.
Na política, disputou o cargo de Vereador em 1951 pelo PSD e candidatou-se duas vezes ao cargo de Deputado Estadual, nas eleições de 1954 pelo Partido Socialista Brasileiro, e nas de 1958, na legenda do Partido Republicano.

Rau Ferreira

Fonte:
- ESPERANÇA, Livro do Município de. Ed. Unigraf. Esperança/PB: 1985;
- LIMA, Francisco Cláudio de. 50 Anos de Futebol e etc. Ed. Rivaisa: 1994;
SOUZA, Inácio Gonçalves de. Esperança em verso e prosa. Produção independente. Esperança/PB: 2000;
- Site TRE, resultado das eleições. Disponível em http://www.tre-pb.gov.br/eleicoes/resultados.html
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: