Feira livre de Esperança

By | 25.8.11 Deixe seu comentário
Este excelente texto foi publicado no blog Andrade Notícias em 27/05/2011. Todos os créditos pertencem ao editor do AN, repórter Jean Andrade.
* Matéria republicada para inclusão de texto e fotos.
"Realizada aos sábados atualmente ocupa as principais ruas do centro da cidade, sendo uma das principais feiras livre da região do Brejo Paraibano.

Na verdade, a feira de Esperança não é apenas uma feira livre. Já se tornou uma tradição cultural, aonde as pessoas não vão às ruas apenas para “fazer a feira”, mas vão encontrar amigos, fazer negócios, alimentações, assistir shows populares. É um lugar cheio de sons, movimentado e colorido.
Nas imediações do Mercado Público, por exemplo, o colorido das frutas e legumes nas barracas é iluminado pela luz do sol filtrada através das lonas dos bancos, proporcionando um visual muito bonito.
Os feirantes gritam oferecendo seus produtos e garantindo o melhor preço. As pessoas circulam muito, examinam, pechincham ou simplesmente estão a procura do que desejam.
Também ao lado da feira de frutas e legumes, existe a feira do “troca troca”, ocupando uma parte da rua, com uma variedade enorme de produtos.
Também existem os ambulantes com tabuleiros montados em caixotes ou simplesmente no chão, que aproveitam o vuco vuco para comercializar seus produtos. Crianças se oferecem para ajudar as pessoas a carregar as mercadorias em suas casas usando carros-de-mão.
E nas ruas centrais e dentro do mercado publico, as barracas de roupas atraem muita gente. As pessoas de baixo poder aquisitivo vêem-se diante de um verdadeiro “shopping da moda popular”. As últimas criações da famosa sulanca, vindas de Santa Cruz do Capibaribe e Toritama, são expostas às escolhas de todos.
O grande responsável pela multidão toda é o preço das mercadorias. Geralmente elas custam à metade do valor cobrado nas lojas. Isso acontece porque as peças são fabricadas nas pequenas empresas familiares. “As mercadorias são muito baratas, o preço é bem acessível”, confirma o Blog Andrade Noticias.
Tem blusinha de R$ 5. Três calcinhas custam R$ 10. O vestido de festa sai por R$ 30. Calça jeans masculina custa R$ 25,00.  “Com esse preço até a sogra ganha presente”, diz o comerciante Salatiel (sala lanches).
Para quem observa de fora, a feira livre de Esperança parece um teatro cheio de personagens, cada um com sua história. Resumindo: é uma “confusão” organizada, onde tudo parece funcionar na hora e lugar certo.
A feira livre de Esperança na verdade é um lugar com cheiro e sons do presente, que nos remetem ao passado e até mesmo à nossa infância. Um lugar com suas cores e suas luzes a serem, a cada dia que passa descobertas, exploradas, filmadas e fotografadas".
Veja no link a seguir diversas fotos da feira de Esperança e o texto original publicado por Jean.

Rau Ferreira
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: