SOL: Últimas unidades

By | 13.3.11 Deixe seu comentário

Este livro foi a realização de um sonho de menino, refeito às pressas por falta de incentivo financeiro e seguindo o ideal proposto por Marinaldo Francisco e Roberto Cardoso, iniciado em 1985, com a publicação das poesias do vate esperancense.
Senti muitas dificuldades, em especial a falta de apoio. Caminhei sozinho e hoje estou amargando uma certa decepção. Faltam leitores, faltam articuladores, falta mais incentivo a nossa cultura.
Esperança sempre fora um celeiro de vocações; mas estas ainda encontram-se enclausuradas. Vamos abrir as portas e mostrar ao mundo nosso potencial!
Por fim reclamo que adquiram o livro... e dêem igualmente a sua contribuição para a história da Paraíba.

Rau Ferreira
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: