Pular para o conteúdo principal

Lei do Patrono da PMPB

O Coronel Elísio Sobreira (1878 – 1942), é filho natural de Esperança/PB. E ingressou ainda jovem na carreira militar. Serviu à corporação durante 35 anos, participando intensamente de diversos confrontos, dentre os quais, o primeiro que se tem notícia a grupos armados na região polarizada por Monteiro, no Cariri paraibano.
Faleceu aos 64 anos de idade, após ter assumido o Comando Geral da PMPB por duas vezes (1924 à 1928 e de 1930 à 1931).
Por sua força e bravura, foi escolhido “Patrono da Polícia Militar da Paraíba”, pelo então Governador Flávio Ribeiro (Decreto nº 1.238/57), sendo-lhe dedicado o dia 20 de agosto para as suas comemorações (Decreto nº. 15.489, de 9 de agosto de 1993).
Para o conhecimento dos nossos leitores, trazemos na íntegra o decreto que instituiu o patronato

Rau Ferreira
DECRETO Nº. 2. 238, de 10 de outubro de 1957
O Governador do Estado da Paraíba, usando das atribuições que lhe confere o art. 52, inciso I, da Constituição Estadual, e considerando ser de praxe toda e qualquer corporação armada possuir o seu Patrono;Considerando que pertenceu aos quadros da Polícia Militar do Estado até o posto de seu primeiro Coronel, o saudoso ex-oficial ELYSIO SOBREIRA, perfeita encarnação que foi do bom cidadão e militar, cuja fé de ofício muito honra a sua memória;
Considerando que hoje transcorre o 126.° aniversário da fundação da citada milícia;
DECRETA:
Art. único. Fica escolhido Patrono da Polícia Militar do Estado, o ex-oficial Elysio Sobreira, seu primeiro Coronel e Comandante em diversas administrações estaduais.
João Pessoa, 10 de outubro de 1957, 69.° da Proclamação da República.
FLÁVIO RIBEIRO - Governador
Fonte:
- Wikipédia, PMPB (http://pt.wikipedia.org/wiki);
- http://www.pm.pb.gov.br, História da PMPB, texto do Cel. BATISTA de Lima;
-  Paraíba, legislação: Decreto nº. 2. 238, de 10 de outubro de 1957.
- Paraíba, legislação: Decreto nº. 15.489, de 9 de agosto de 1993.

Comentários