Ginásio Diocesano de Esperança

By | 25.9.10 Deixe seu comentário
(Escola Dom Palmeira )

O Ginásio Diocesano de Esperança, pertencente à Paróquia, teve sua pedra inaugural lançada em 1945 na administração do Padre João Honório, mas somente foi concluído em 1953 pelo então pároco Manuel Palmeira da Rocha.
Os estatutos da nova escola que funcionaria no sistema de semi-internato, foram publicados no Diário Oficial de junho de 1952, passando a funcionar efetivamente em 1957. O curso ginasial seria de quatro classes e o ensino particular.
As aulas iniciaram no ano letivo de 1958, com os Cursos Primário e Ginasial. E a primeira turma, com 52 alunos, formou-se no dia dia 10 de dezembro de 1961.
Padre Palmeira dirigiu a escola paroquial ao longo de duas décadas, auxiliado por João de Deus Melo, José Nivaldo e o professor Manuel Vieira, que foram vice-diretores. A austera professora Hosana Lopes também participou da direção e ministrou aulas naquela unidade durante muito tempo.
A Escola Dom Palmeira é um patrimônio histórico. No passado chama-se “Ginásio Diocesano de Esperança”. Antigamente havia um painel fotográfico em homenagem a todos os participantes; hoje restam apenas algumas fotos deste mural sendo a maioria entregue a seus donos.
O prédio é cedido em comodato com a Prefeitura local. O espaço físico é muito grande, típico dos casarões da época e quando foi construído sinalizava o final da cidade. As paredes são bastante altas e na entrada existe um hall com acesso a secretaria, diretoria e sala dos professores. As salas de aulas são amplas e claras e possui uma grande área de lazer. Neste ano, parte de seu terreno foi aproveitado para a construção do Centro Paroquial.
Foto: Acervo da professora Marilda Coêlho.

Rau Ferreira

Fonte:


  • Livro do Município de Esperança. Ed. Unigraf: 1985, p. 70/71;


  • Revista Esperança 82 anos. Editor: Jacinto Barbosa. Esperança/Pb: novembro de 2007;


  • Revista Centenário da Paróquia. Editor Jacinto Barbosa. Esperança/Pb: 30/05/2008;


  • Acervo fotográfico do Historiador Martinho Júnior – foto do painel de 1961.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários: