Esperança: seleção anos 80!

By | 6.7.10 Deixe seu comentário
Esperança além de ser um celeiro cultural é uma terra de grandes futebolistas. Nos velhos tempos fizeram as glórias do América local e de outras equipes: Mafia, Gilvan, Lêla, Edmilson, Manoelzinho, Moleque, Zé de Zuca, Janduí, Neide e tantos outros!
No meu tempo não foi diferente, só que em outras proporções. Tínhamos vários campos de “pelada” espalhados pela cidade, com destaque para o “Campo de Bel”, “Campo do CSU” e o “Campo do Estadual”, além das quadras do América e do Clube Campestre. E jogadores de igual importância.
Esses dias estava pensando nos meus conteporâneos e fazendo uma lista dos que mais se destacaram no futebol de Esperança nos anos 80.
Para tanto contei com a ajuda de José Iderlânio (Deli de Newman) - meu amigo de infância e um excelente profissional da bola. Com isso formamos a equipe dos “Melhores Jogadores”, de acordo com a nossa concepção.
Pelo que me lembro: Etinho de Luziete; Nisério Almeida (Serginho), Deli de Newman; Johnny de Lourdes Maia; Louro de dona Menininha; Luciano Souza (da gráfica); Jordão Salviano; Dida de Goteira; Fernando Pintor; Bruno de Zazá (pastor Bruno); Sidney - “Siba” de dona Mariza, o “Gazo” de Eudes e seu irmão “Negrito” (Edson).
Iderlânio por sua vez, citou: Fuca de Arlindo da Prestação; Nelson de São Miguel; Nego; Cleber de Gilberto de Michelo; Marquinho de Maloque; Pelezinho de UA; Fabio cunhado de Givanildo; Nenen; Coninho; Manoel do “Flameguinho”; Rochinha do Ban Esporte; André de Berto Anísio; Júnior de Gilvan da Farmácia; Roberto de Lalinho e Joan.
Na opinião de Deli, Etinho de Luziete era uma excelente jogador de campo, enquanto Jordão Salviano se destacava nas quadras.
Para mim, Etinho, Deli, Jordão Salviano, Dida de Goteira e Negrito - por desenvolverem um ótimo futebol - poderiam facilmente jogar em grandes equipes do Rio e São Paulo,
Apesar de ser péssimo com a bola, tive a felicidade de jogar com muitos deles, a exemplo de “Deli” e “Etinho”, no auditório do Colégio Estadual no intervalos das aulas.
Obviamente devem existir outros jogadores igualmente habilidosos nos anos 80/90, em outras ruas e outros momentos, mas foi o que nos veio à mente.
Por isso esta lista não se esgota aqui, esperamos que o seu comentário possa nos trazer outros nomes. E à medida que nos derem retorno iremos acrescentar ao rol futebolístico de Esperança.

Rau Ferreira
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário