Diogo Batista: A voz de ouro da seresta

By | 6.4.10 Deixe seu comentário
O esperancense Diogo Batista nasceu em março de 1927 e faleceu no dia 05 de setembro deste ano. Para nós, um dos grandes nomes da serestas.
Bastante solicitado, deliciava os ouvintes passeando com afinidade pela velha guarda. Canções de Orlando Silva e Nelson Gonçalves, soavam melhor na interpretação de Diogo.
Dono de uma voz impar, gravou em 1991 pela Sony do Recife o disco “A Voz de Diogo”, com 10 músicas do cancioneiro nostálgico, realizando assim o seu grande sonho.
Em sua carreira, ganhou vários troféus e recebeu muitas homenagens. E no seu auge, chegou a se apresentar na Rádio Tabajara de Joã Pessoa, e também brilhou nos palcos da AABB e no Teatro Santa Rosa, da capital paraibana.
Faleceu aos 83 anos, vítima de um câncer de pancrêas.
Era casado com a Sra. Jacyra Batista, com quem teve cinco filhos. E será sempre lembrado como “A voz de ouro da seresta”.

Rau Ferreira

Fonte:
- Esperança e sua gente: Inácio Gonçalves, 1994 – p. 48;
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário