Pular para o conteúdo principal

Os Índios Cariris que habitavam Esperança

Antes da colonização a Paraíba era habitada pelos Índios Cariris que ocupavam o litoral. Por volta de 1500 eles entraram em luta com os Tupi-guaranis e foram forçados a se estabelecerem no Planalto da Borborema.
Eram originalmente nômades e viviam da caça e pesca, não praticavam a agricultura e diziam ter vindo de um grande lago.
Em Esperança fixaram-se nas proximidades do Tanque do Araçá, um importante reservatório de água potável. Mas há registros de sua passagem em Lagoa de Pedra, onde se encontram algumas inscrições rupestres.
Primatas feroses, usavam armas e costumavam guerrear, sendo por isso chamados de “tapuias” pelas outras tribos, palavra que significa “inimigo” na sua língua-materna.
O Marinheiro Barbosa foi o prmieiro a construir uma casa nas imediações e talvez por essa razão não tenha permanecido no local muito tempo no local.
Com o passar do tempo boa parte dos Cariris haviam sido banidos deixando as férteis terras para os colonizadores, enquanto outros passaram a viver em harmoniosa miscigenação.
Anos mais tarde os irmãos Diniz construiram suas residências na atual Avenida Manuel Rodrigues, seguidos que foram por diversos colonos dando início assim a uma pequena povoação.
Hoje existem poucos representantes destes silvícolas, restando apenas uma pequena comunidade no município de Crateús-CE.

Rau Ferreira

Fonte:
- “Os Índios na Paraíba”, texto do Professor Josias escrito para o blog História da Paraíba, acesso em: 21/07/09
(
http://historiadaparaiba.blogspot.com);
- Índios Cariris, Wikiédia (
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cariris), acesso em 21/07/09;
- Livro do Município de Esperança, Ed. Unigraf, 1985, p. 31/33;
- Jornal Novo Tempo, Ano IV, nº 23, Nov/Dez 95, Edição Especial Comemorativa, p. 3. Artigo: “Esperança e seus primórdios”, escrito pelo Dr. João de Deus Melo.

Comentários