Cronologia do Futebol de Esperança.

By | 30.9.09 Deixe seu comentário
1919: Segundo uma versão, nesse ano teria surgido o primeiro time de futebol local, o “Epitácio Pessoa”, dirigido por Manoel Cavalcante de Melo (Yoyo de Biluca).


1923/1930: O Potiguara e o União F. C. Fizeram parte da nossa história.



1925: Surge o Vera Cruz F. C., de Basto de Tino e João Galdino.

1933: O Soldado Melão chega a Esperança com sua “Bola de couro de onça pintada”, troféu de guerra da Revolução Constitucionalista.

1935: Aparece no cenário futebolístico o Palestra F. C., dirigido por Basto de Tino e seu Novo.

1938/1940: Dois clubes movimentaram o nosso futebol, o Botafoco (antigo “Royal”) de João Lira, e o Santa Cruz de Francisco Gonçalves de Lima, o popular Chico Pedão.

1941/1945: Anos de glória do São Cristovão, antigo Comércio F. C.

1945: Fundação do América Futebol Clube, a partir de uma dissidência do São Cristovão.

1946: Em 21 de abril era oficializado o América F. C.

1951: Inauguração da cerca de aveloz, no campo da lagoa, e ano da fundação do Vasco da Gama de Adauto Martins.

1952: Eleita a diretoria provisória do América F. C.

1953: Registro em Cartório do Estatuto do América, adquirindo assim personalidade jurídica.

1954: José Ramalho da Costa assume a presidência do América F. C.

1956: Inauguração do Estádio José Ramalho da Costa no dia 22 de janeiro.

1967: América Campeão do Torneio Mirim.

1968: O América é reconhecido de utilidade pública pela Lei Municipal nº 151.

1972: Composição do hino do América por José Coelho e Vitória Régia Coelho.

1973: América Campeão do Torneio “José Bonifácio”.

1991: Passagem do América pela Espanha, onde conquistou o VI Troféu Arcángel por 5 x 4 nos pênaltis.

1994/1995: Participação do América na 2ª Divisão do Campeonato Paraibano, além de representar a Paraíba na série C do Brasileirão.

1996: 3ª Divisão do Campeonato Brasileiro.

1998: Participação no Campeonato da Liga de Futebol Profissional da Paraíba.

Rau Ferreira

Fonte:
- 50 Anos de Futebol e Etc., autoria de Francisco Cláudio de Lima, Ed. Rivaisa, 1994;
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário